Resenha do Livro: Proibido!!!!!!

Nunca foi tão difícil escrever uma resenha.

Só o que eu ainda posso falar é: 


Compartilhem a Rosa do Proibido!!!!



Livro: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Páginas: 302
 
O Cantinho Indica: 5/5 Favorito!!!!!




                          Proibido!!!



Adicione no Skoob




Sinopse:


Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã. Mas será que o mundo receberá de braços abertos aqueles que ousaram violar um de seus mais arraigados tabus? E você, receberia? Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.





Confiram a Resenha!!!!!!! 




 RESENHA: PROIBIDO






NOSSO AMOR PROIBIDO!!!





Eu não posso voltar atrás
Mas você deve me deter
Diga-me que é errado
Diga-me que devo ficar longe de você
Faça alguma coisa
Estou com medo.....
É tão maior do que eu!!!!!!!

Você faz parecer ser tão certo!!!!
Você faz parecer ser tão bom!!!!!
Então por que machuca tanto???

Você quebrou minhas defesas
Ouviu meu sussurro
Mostrou como vencer meus demônios
Você me devolveu meu lugar
Você me ensinou com seu amor
E eu acreditei
Que podia lhe tocar
Que podia ficar com você
Que seria para sempre!!!!!!!

Mas minha mente está gritando que é impossível!!!!!
Eles não vão nos perdoar
Cruzamos a fronteira deles
Estou com vergonha do que fiz
Eu não tinha o direito de me apaixonar por você!!!!!

Mas como parar agora???
Nossos corpos são dois fios entrelaçados
Cercando o terreno dos nossos corações
E a semente proibida do nosso amor
Aponta como uma lâmina disposta a ferir
Suas pontas agudas nos protegem dos intrusos
Mas também me levam de você.....                          


(autoria cila-leitora voraz)






O Cantinho Abre o Coração!!!!






Eu não sabia......


“Não vejo a hora de descobrir!!!!! O que será que esse livro tem para me dizer?”


Depois de divulgar o lançamento do livro no meu blog, sem ler o material que a editora disponibilizou, sem ler a entrevista da autora, sem ler nenhuma resenha, sem ler sequer a sinopse!!!!


Eu só levei comigo esse pensamento, quando cheia de esperanças abri o livro.....


E três horas depois, não tive coragem de fechá-lo, minhas mãos não me obedeciam. A verdade é que eu não queria ir....... 


Eu não podia trair Lochan, eu tinha que permanecer com ele....


É esse o efeito que o livro causou em mim: estou presa a ele. 


Não consigo esquecer!!!! 


Durante todo o dia, algo sempre me levava a eles e eu não conseguia sufocar o choro!!!!! 


Eu não sei que feitiço essa autora colocou em suas páginas, eu só sei que ela foi tão perfeita, que enquanto ela me unia irremediavelmente a essa família, me tornando mais um dos seus membros, por ironia, ela também os ligou a mim, pois daqui para frente, aonde quer que eu vá, eles estarão comigo e eu estarei com eles!!!!!!!


Preparem-se!!!!!!


Tabitha Suzuma acaba de entrar na minha lista de autores preferidos!!!!!


E vocês vão entender por que!!!!!!


Ela já diz a que veio com sua narrativa: os capítulos são intercalados com as vozes de Lochan e Maya. 


Mas com um diferencial: ela trouxe o curso da vida!!!! Uma página completa a outra, um momento segue o outro, um sentimento pede o outro, uma vontade satisfaz a outra.


Embora exista o nome deles destacados no início de cada capítulo, vocês não irão nem notar, pois estarão completamente absortos com o que a autora tem para lhes oferecer!!!!


E não existe outra palavra, eu terei que repetir o que foi dito na contracapa do livro: visceral!!!!!!!

Essa autora é fantástica, sem que você perceba ela introduz a simbologia do arame farpado para explicar o comportamento desses irmãos!!!!!



Aqui entra o primeiro significado do arame farpado reproduzido na capa e em quase todas as folhas do livro: 

De forma visceral ela colocou essa família em uma prisão emocional!!!!!



Lochan!!!!


Ele assistiu o pai indo embora.

A explicação veio depois: sua mãe fez questão de lhe dizer que ele era o culpado!!!!!

Ele assistiu a mãe se isolar em sua dor, sentir pena de si mesma, se entregar a bebida e os afastar!!!!!!

Ele assistiu ela se tornar uma estranha e desaparecer!!!!!

O que ele não estava disposto a assistir e nunca permitiria, era seus irmãos serem levados para longe dele.

Então, ele reprimiu tudo o que estava sentindo, e se levantou como um gigante na defesa deles!!!!!

Ele assumiu o papel de protagonista da sua família, enquanto se tornava coadjuvante da própria vida.

Mas ele se equivocou ao acreditar que a cerca viva que ele criou, para mantê-los juntos, garantiria a segurança deles por muito tempo!!!!!!




Maya!!!!


Ela assistiu a mãe fechar a porta e os deixar do lado de fora.

Ela assistiu a mãe negligenciá-los, os deixar para trás.


Ela assistiu Lochan assumir as responsabilidades.


O que ela não estava disposta a assistir e nunca permitiria, era a destruição de sua família.


Sem escolha, ela toma para si o papel de mãe e se torna o alicerce daquela casa.


O ponto de apoio para Lochan e o porto seguro para as crianças. 


A fala conciliadora que acalmava o pulso forte necessário de Lochan, enquanto negociava a rendição dos seus irmãos. 


Mas ela se equivocou ao acreditar que lhe era permitido sonhar!!!!!!!!!! 


A infância lhe foi roubada e a vida não deixou o bilhete de resgate.



Aqui entra o segundo significado do arame farpado representado pelo título do livro: 

De forma visceral ela delimitou os limites e eles os ultrapassaram!!!!!




Lochan e Maya!!!!



Como alguém tão distante pode ficar tão perto???

A ausência de seus pais estava presente todos os dias na mesa do café, na hora do dever, nas brigas, nas emergências, nas privações, e, principalmente, na autoestima deles.

Eles não eram como os outros de sua idade.

Eles não podiam ser como os outros: a eles não foi dada uma chance.

Aprenderam da maneira mais difícil que para ficarem unidos, eles não podiam chamar a atenção, eles não podiam confiar em ninguém.

Eles estavam sozinhos: só tinham um ao outro.

E mesmo assim, sacrificaram tudo para que os menores pudessem ter uma oportunidade.
 
E no meio de tanta dor, a flor do primeiro amor desabrochou!!!!

Mas essa flor estava cheia de espinhos!!!!!!!

Por quê???

Porque de forma única, Tabitha Suzuma teve a coragem de
plantar o amor em um terreno proibido!!!!!

Se vocês exigirem a certidão de nascimento deles, irão descobrir que eram irmãos: nasceram do mesmo pai e da mesma mãe.

Mas se vocês entrarem nessa casa irão jurar que eles eram tudo um para o outro, menos irmãos!!!!!!!

E quando forem atingidos pela força desse amor, serão incapazes de julgá-los!!!!!!

Embora o tema seja um tabu, não se preocupem, a autora regou essa flor com muita delicadeza. 

O perfume que ela exala não é o amor entre dois irmãos e sim o amor por uma família!!!! 

O que um pai e uma mãe são capazes de fazer por seus filhos!!!!!

Estão confusos???

Não fiquem!!!

Lochan e Maya foram os verdadeiros pais e heróis dessas crianças!!!!!!


Por isso o final me despetalou!!!!

Eu não estava preparada para ele, embora o entenda perfeitamente!!!!!


 
Você já sentiu uma angustia???

Um aperto no peito bem fundo, que a menor respiração faz doer??? 

Como um pressentimento de que algo errado estava por vir??? 

Foi exatamente assim. Bastou uma frase para eu ter a certeza: estava perfeito demais, estavam felizes demais, e, principalmente, o que mais me incomodou, estava silencioso demais!!!! 

Uma coisa que aprendi é que o amor faz barulho, ocupa espaço, ele não pode ser contido!!!!

Por isso eu quis me esconder, fechar o livro, eu não queria saber. Mas não consegui. 

E durante 15 páginas eu solucei de tremer!!!!!

Eles estavam sem saída, encurralados. 

Então, a autora quebrou os grilhões e os libertou. 

E, ao fazer isso, ela açoitou meu coração e fez cativa a minha alma!!!!!!




Ponto Alto do Livro!!!!



Eu não sei quem é essa autora, eu só sei que ela correu desesperada por suas páginas pedindo socorro para Lochan!!!!!!

Ela cavou tão fundo no coração e na mente dele, que me asfixiou com tanta dor!!!!!

E sem notar eu me vi gritando que nunca abriria mão dele, que ele é especial para mim!!!!!

Que ele está seguro comigo, que ele pode confiar em mim!!!!!!! Que eu nunca iria largar suas mãos!!!!

Com uma sensibilidade ímpar e de forma genial, Tabitha Suzuma nos dá o


 Ponto Alto  dessa história através de linguagem figurada: uma fotografia!!!!!!!!

 
O porta-retratos foi quebrado e as fotos foram queimadas. 

Mas Lochan guardou uma, apenas uma..... 

Um momento de felicidade captado em um papel
: um pai, uma mãe e seus cinco filhos. 

De um lado, uma prova irrefutável que a família existiu: eles eram como os outros, podiam sorrir e brincar sem se preocupar com nada, podiam ser apenas crianças!!!!!!!

Por outro lado, uma ferida aberta que não parava de sangrar, todos os dias da sua vida, anunciando em um alto falante, que ele não era amado, que seu pai não lhe quis e foi embora e que sua mãe desistiu dele.

Com o coração despedaçado, eu vi Lochan se agarrar a essa foto, como promessa de que não cometeria os mesmos erros, de que sempre estaria ali para os seus irmãos, de que nunca os deixaria.

E fez daquela imagem seu oxigênio: ele não conseguia durar muito tempo lá fora, ele não podia deixar mais ninguém entrar, só conseguia respirar no meio dos seus cúmplices, os únicos que lhe entendiam, os únicos que eram seus iguais, os únicos a quem amava de verdade, sem medo. Só eles eram capazes de ouvir sua voz, mesmo com tantos ruídos ao redor. 

No passado, a mágoa e a frustração de uma mulher, deixada para trás por seu marido, quase apagou essa foto. 

No presente, a raiva de um garotinho perdido, incompreendido, que se sentia muito só, somada às leis ditadas pela sociedade, quase a destruíram.

Mas ele conseguiu: a foto ainda está lá!!!!!!!!! Ele salvou sua família!!!!!!

E ao salvar sua família, ele se salvou também!!!!!!

 
Resumindo esse livro em uma palavra:

                                            
Testemunho!!!!       
        

Testemunho de dois adultos egoístas e cruéis desamparando cinco crianças. Testemunho de como duas delas, cheias de traumas, se doam ferozmente para resgatar as outras. Testemunho de que o amor pode nascer em qualquer lugar, sem explicação. E principalmente, o que você é capaz para mantê-lo vivo!!!!!!


Um dois melhores livros que eu já li até hoje!!!!!!






 É o que eu resolvi chamar de Efeito Valentina!!!!!





Troféu do Cantinho: Favorito do Ano!!!!!










Contato com a Editora:
 






38 comentários

  1. Que resenha mais linda!!! Eu já queria ler esse livro, agora ele tá como número um na minha lista de desejados!! Mais uma vez parabéns pela linda resenha!

    Beijão!
    Karina

    Livrofagia || Fanpage

    ResponderExcluir
  2. Oi Cila! Estou nos primeiros capítulos do livro e já me sinto aflita com a forma como o protagonista vive, ele é tão fechado, guarda tudo dentro de si, não desabafa. Como pode alguém tão jovem viver assim tão triste, imagino que muitas emoções ainda virão e que vou ficar chocada com certos aspectos da obra, espero curtir muito.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Parece ser um bom livro :)
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aí, Ciiiila! Esse livro é uma coisa linda do mundo e perfeito! <3 Também entrou para os meus favoritos, do ano, da vida, do mundo, do século, do planeta.

    Em alguns momentos da leitura eu senti a enorme necessidade de fechar o livro e joga-lo pela janela. :( E quando ele acabou foi tipo "nãaaao". Não chorei durante a leitura, mas me emocionei muito. Acredito que é impossível não se emocionar, não apenas com os acontecimentos, mas com a vida deles, com o sofrimento, com a forma como eles tem que lidar com tudo. E o pior: Imaginar que existem pessoas vivendo assim nesse mundo (não apaixonados, como eles, mas abandonados pela sua família, vivendo da forma como eles vivem).

    Lochan <3 muito amor pra ele.

    Cantar Em Verso . Fbook Cantar em Verso
    Fbook . silvianecasemiro@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Resenha super criativa!
    gosto de liberdade para escrever!
    O livro deve ser lindo!
    Boa semana e bjus amiga!
    segui você porque amei seu blog!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  6. Que resenha mais liiiiiiiiiiiiiiiiiiinda....
    Além do seu blog, fiquei apaixonada e encantada, parabéns!!!
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Cila sua linda!
    Eu amo ler suas resenhas, são sempre fortes e inspiradoras!
    Eu também participei da campanha de lançamento deste livro, e fiquei muito curiosa a respeito dele.
    Já sabia que a história era forte e polêmica e sei que temos de estar de mentes e corações abertos para conferir esta história.
    Por isso foi muito bom poder ler sua resenha e sentir toda a gama de emoções que o livro nos traz.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa que resenha tão empolgante rs, você usa tanta criatividade que me empolga a lê também.
    Bjs
    http://www.blogsemprebelas.com/

    ResponderExcluir
  9. Oiee!!!
    Nossa fiquei bem tentada a ler, adorei a resenha como sempre você arasa, suas resenha são bem explicadinhas e me deixa com uma vontade enorme de ler os livros. Não tinha visto esse livro ainda depois vou procurar saber mais sobre ele
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cila, tudo bem?
    Nossa, que resenha apaixonada! Me deixou bastante curiosa sobre a história.
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Oi Cila,
    Eu estou doida pra ler esse livro, em especial quando eu percebi que todos usavam a palavra tabu para falar dele. Eu geralmente tenho opiniões bem controversas às consideradas tabus e o incesto (em condições específicas) não é pra mim uma aberração tão grande. O amor é sublime e muito superior a qualquer lei dos homens e perdão aos que acham que isso é uma blasfêmia (mas pra mim, uma pessoa que não acredita na bíblia - acredito em Deus, não na bíblia) isso não é pecado. Sim, é inconcebível perante à sociedade, mas porque algumas pessoas veem uma relação de promiscuidade acima da relação de amor. Espero poder ler em breve e tirar minhas próprias conclusões. Resenha linda e adorei os detalhes que você pegou, especialmente na capa e nos simbolismos. Eu amo ler suas resenhas por isso, Cila! <3 Estou lendo muitos livros que me despedaçaram ultimamente, dentre eles Um Caso Perdido, Louco Por Você e Mar da Tranquilidade, acho que esse é mais um livro que vai esmigalhar meu coração.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Uauuuu Cila que intenso! Fiquei impressionada! Como a autora conseguio tratar um assunto tão delicado de uma maneira sublime a ponto de em nenhum momento da leitura da sua resenha eu me preocupar com a relação biológica dos personagens. Não conheço a autora mas com certeza irei ler esse livro!
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse livro, mas gostei bastante da resenha
    Parece ser muito bom, mas a capa é linda

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Cila, que lindo ter sido um dos melhores livros que você leu até hoje!!! Quero muito conhecer a história, mas ainda não rolou. Na verdade, tinha desanimado depois de uma resenha negativa... mas, depois de toda a sua empolgação, minha empolgação voltou com tudo também! rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Cila, a autora tem talento para escrever um livro tão intrigante e você o dom de resenhar e me fazer querer saber mais, o que se esconde nessas páginas.
    Quero muito esse livro!
    Bjús
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderExcluir
  16. Oii,

    Já li várias resenhas sobre esse livro e a sua foi a unica positiva. Seu ponto de vista sobre o livro é totalmente diferente dos demais e eu gostei disso. O mundo literário é muito engraçado mesmo, mesmo assim, com toda a sua empolgação não tenho nenhuma vontade de ler esse livro.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  17. A história é forte, como eu gosto. Sobre o tema, de amor entre irmão, o livro que mais me impactou foi Lavoura arcaica. História assim, nos tiram do conforto. E essa deveria ser, sempre, a razão primeira da literatura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Cila, que resenha APAIXONADA. Sério. Fico muito feliz que tenha amado o livro. A capa tinha chamado a minha atenção, mas não tinha parado para ler a sinopse ainda. Que história linda. Acho que vou chorar MUITO quando ler. Espero gostar tanto quanto você! Parabéns pela resenha!

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  19. Linda, linda a resenha Já ouvi falar muito bem desse livro. Tua resenha só me deixou apaixonada por ele, mesmo antes de ler.

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  20. Cila, posso ser sincera? Ando com medo de visitar seu blog, suas resenhas são tão belas, intensas e densas que choro antes mesmo de pegar no livro. Credooo...rsrs
    Mas credo de maneira positiva, adoro seu jeitinho de resenhar e já te falei isso antes.
    Esse livro está na minha lista de compras, espero ganhá-lo de natal. Sei que a premissa incesto é bem dolorosa e o tabu é pesado, mas não me incomodo. Acho que um amor assim é prova cabal da espiritualidade e que almas afins são afins e pronto, laços de sangue não mandam nessa hora, ainda mais num caso como o dessa história.
    Preciso desse livro, urgente.
    Lendo sua resenha me lembrei de outro livro que tem o incesto como tema, se chama O jardim dos esquecidos, conhece? Se não recomendo que você o leia, ele é desses que fazem a gente se rasgar toda pro dentro em cada página, como esse, Proibido.
    Amei cada frase de sua resenha, obrigada.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  21. Cila lindona tudo bem .
    Acredita que ainda não tive coragem para ler esse livro, sei que não é certo mas vou torcer por eles , menina que conflito de sentimentos amor entre irmãos . Já li várias resenhas sobre ele que mexe com nossa estrutura emocional deve ser por isso que estou adiando . Vou ler quando criar coragem rss. Como sempre suas resenham encantam. beijos

    Joyce

    ResponderExcluir
  22. Cila-flor,
    LÁ VEM VOCÊ ME DEIXAR DESESPERADA POR UM LIVRO! Haha. Estou louca para ler Proibido, porque adoro temáticas pesadas e repletas de tabus, nas quais os autores conseguem problematizá-las e nos colocar dentro do enredo! E Proibido parece ser assim… Parece nos levar ao extremo da nossa moralidade e aceitar que há amores tão intensos e verdadeiros que nunca deveriam ser condenados. :)
    Acho lindo que a Editora Valentina nos traga algo assim! Em breve pretendo ser EU a sentir o que VOCÊ sentiu, flor! Haha.

    Linda resenha.
    Beijos, Cila!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Minha genteeeeeeeeeeeeeee
    Que resenha foi essa, estou arrepiado, e quero esse livro AGORA, agorinha mesmo. Favorito do ano não deve ser pouca coisa. Esse livro é do tipo que promete despertar vários sentimentos no leitor e principalmente nos por no lugar das personagens. Eu quero muito o ler.
    Parabéns pela resenha, super criativa.

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Olá, depois dessa resenha eu necessito lê-lo e como eu já estou com o livro em mão <3 fico curiosa para ver como desenrola esse romance sendo um tabu na sociedade moderna e como a sociedade no livro lida com esse dois jovens além de tudo que ele passaram para poder deixar sua família unida e cuidar de seus irmãos...

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  25. Oi Cila... ainda tentando me recompor de sua resenha... eu comprei esse livro... e estou com medo de lê-lo... porque lágrimas não se contiveram e resolveram transbordar com essa leitura... uma simples resenha cheia de significados de uma leitora voraz como você... junto com você entrei no mundo deles... junto com você sentir a dor deles... e como posso não criar coragem e lê-lo ainda esse ano?? E vou porque quero conhecer a escrita dessa autora que já mexe comigo desde a arte da capa... que mexe comigo ao ler resenhas assim como a sua... que tem o poder de nos fazer pensar... em como o mundo pode girar de uma maneira inconstante... percebi tanta verdade... tanto sentimento transpondo daqui que tive que ler sua resenha por duas vezes... porque simplesmente não resisti... parabéns mais uma vez amiga por deixar os seus sentimentos expostos em uma resenha... Xero!!!!

    ResponderExcluir
  26. Oi Cila, tudo bem?
    Sério que você achou tudo isso dessa história?
    Bom, eu não li, não gostei da proposta, tenho certeza que não vou me sentir confortável lendo um assunto tão polêmico e denso.
    Mas já corri atrás de spoilers com quem leu por causa do final.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  27. Oi Cila, tudo bem? Adoro as suas resenhas descontraídas e me fez ter ainda mais vontade de ler esse livro. Ah, deve ser aquele misto de emoções, uma história de amor bonita, emocionante, triste, daquelas que você torce para que dá certo, e mesmo sendo um tabu, você abre todo o seu coração para essa história. Ahh, preciso desse livro!!

    Beijinhoos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  28. Cila,
    comentei lá no face que estou louca para ler Proibido, mas minha vida literária anda uma bagunça, sem tempo, affs, uma tristeza.
    MAS, como não ficar com vontade de correr até a minha estante e pegar Proibido agora mesmo, e iniciar a leitura diante dessa resenha MARAVILHOSA, INSTIGANTE, EMOCIONANTE? Impossível, sua resenha me deixou em uma situação mega complicada rsrss

    Tenho certeza que vou sofrer muito com essa leitura, mas também tenho certeza que vai valer muito a pena, e espero que Proibido me proporcione muitas sensações, e que ele também se torne favorito <3

    Cila, amei!
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  29. Hey, Cila!

    Moça, que resenha!! Eu já estava querendo esse livro há algum tempo, agora estou ansiando por ele mais que qualquer outro. Espero poder adquirir logo meu exemplar, com urgência! Adoro temas polêmicos, haha!

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Olá Cila

    Eu realmente não daria nada por essa história, já que não vi muita graça na capa e também na premissa, mas depois de sua resenha super empolgada e também favoritando o livro, contando que fora super surpreendida positivamente pela narrativa até que fiquei curioso em também descobrir essa história e a autora que te conquistou tão depressa. Anoitei na minha lista pra sair da zona de conforto, mas não sei quando consigo ler.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  31. Olá Cila,
    muitos dizem que o livro tem tabu que muitos não gostaram de passar. Eu notei que o romance que rola na historia é entre irmãos. É eu ate que me sinto um pouco receosa com a historia, mas quero muito ler para tirar minhas próprias conclusões.
    Ate por que, alem deste romance, o livro nos mostra um a historia de superação, de dor, perda, entre outros que pode sim nos fazer parar para pensar. Eu gosto de historias marcantes então com toda certeza eu quero e vou conferir este livro.
    A capa deste livro é realmente intrigante e muito linda.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  32. Olá, Cila *-*
    Bom, toda vez que leio uma resenha sua eu consigo sentir o que o livro te causou, você transmite tanto sentimento através das palavras, eu não sei explicar direito, as suas resenhas tocam o leitor e eu me senti muito tocada nessa resenha, fiquei imaginando como é a vida desses irmãos, serem abandonados pelos pais não deve ser nada fácil, afinal eles são a nossa base, a nossa estrutura, né? Mas eu fiquei muito feliz ao ver que ambos os personagens foram fortes e cuidaram dos seus irmãozinhos, só que na parte do amor proibido eu confesso ter torcido o nariz um pouco, isso é um tabu bem difícil de ser quebrado, né? Mas o amor realmente pode nascer de lugares que ninguém imaginava e não dá para julgar algo sem conhecer, né? Então não vou julgar o amor dos dois sem ler a história *-* Enfim, amei a sua resenha e espero um dia ler esse livro, pois parece ser um livro maravilhoso e bem diferente da maioria dos livros oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. É a minha próxima leitura! Eu também não tinha lido nada (até agora), sobre Proibido, pela sua resenha, temos ai um livro que vai arrebatar os corações dos leitores, espero gostar. :D

    Beijos,

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  34. Oi Cilaaaa!!!

    Puxa vida! Que história hein!
    Pobres crianças abandonadas!
    Ainda bem que tinham os mais velhos para cuidar deles!
    Adoro seu entusiasmo nas resenhas viu!
    Só me deixa com mais vontade de ler!!!
    Aaah e essa dona Valentina... Cheia de romances polêmicos!!!!!
    Nesse natal vou mandar o catálogo da editora no lugar da minha lista de presentes! heheheh

    Beijokinhas!!!!

    ResponderExcluir
  35. Cila! Sua resenha me quebrou, não tinha tido vontade de ler tanto até agora! Fiquei chocada! Irmãos?! Coitados! Que pais são esses! Fiquei maravilhada com sua empolgação, um dos melhores livros da sua vida, isso diz alguma coisa! Sendo que vc lê muito! Amei sua sensibilidade,mas isso não é novidade! Parabéns flor! Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  36. Oi Cila,
    Sua resenha foi... visceral. O tabu sempre foi um assunto muito delicado, e ainda mais esse tipo de tabu, e o conhecemos principalmente pelas obras de Nelson Rodrigues, que dava mais polêmica. E deu para perceber que mesmo sendo um assunto um tanto quanto difícil de lidar a autora conseguiu dar um trato mais leve em seu livro. Acredito que para ler um livro assim temos que nos livrar de todas as amarras, ficar tão livre quanto os personagens. nos livrar de nossos próprios tabus. parabéns pela resenha.
    bjs

    Antonio Henrique
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  37. Oi Cila!
    Sempre vejo esse livro, mas não tenho coragem de ler, sei que vai me destruir.
    Mas sua resenha foi demais cara! Necessito ler!
    Super beijo
    Resenhando por Marina

    ResponderExcluir
  38. Oii Cila!
    Vi esse livro em destaque em seu blog e precisei vim aqui comentar.
    Faz uns dois anos que li esse livro e até hoje sua historia me marca de uma tal madeira que é dificil falar dele sem me sentir triste!
    Eu nunca li uma história de amor tão linda e pura ao mesmo tempo e o fato deles serem irmãos não me incomodou, pelo contrario, abriu minha visão para que isso é possivel acontecer, eu não os julgo. A situação que eles se encontram, abandonado pelos pais, passando necessidades, sem amor de uma família de verdade, é de se esperar q o amor nasça daquele que está sempre ao seu lado. Enfim, tem um quote nesse livro que eu amo tanto, ele é bem grande, mas falta dos tipos de amor, que tem o doentio, que a sociedade aceita, mas não podem aceitar o amor deles pq eles foram gerados pela mesma mulher, o quote é um tapa na cara de muita gente, eu lembro que postei ele na resenha que fiz e sempre estou lendo ela para nunca esquecer esse livro. Estou pensando em reler esse livro, ou fazer uma grupo de leitoras como um projeto para ler ele e debater, esse livro é muito bom. Acho que falei demais!!

    Beijinhos!!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir